Empresa quer fazer a vida humana ser multi-planetária

SpaceX conseguiu recuperar o primeiro estágio de um de seus foguetes após lançamento de satélites. De acordo com CEO, esse é um dos grandes passos em direção à colonização de Marte.

SPACEX

 

Fundada em 2002 pelo empreendedor Elon Musk, também CEO da Tesla, a empresa tem como principal objetivo a redução dos custos de transporte para o espaço.

Em 25 de Maio de 2012, a SpaceX fez história ao realizar o primeiro voo privado de reabastecimento da Estação Espacial Internacional. E no final do ano passado, 2015, mais um feito histórico, a empresa conseguiu recuperar o primeiro estágio do foguete, intacto, após lançamento de 11 satélites ao espaço.

COMO COMEÇOU

 

Pensando sobre o que iria fazer após a venda do PayPal, Elon Musk decidiu pesquisar sobre o espaço aéreo. Ele não conseguia entender o porque de não estarem sendo feitas missões para marte ou para a lua. Decidiu então utilizar metade do dinheiro que havia ganhado na venda do PayPal para criar a SpaceX em 2002.

Sua ideia inicial era comprar foguetes e movimentar a indústria espacial. Ele queria que as pessoas voltassem a ficar animadas com a exploração do espaço. O empresário decidiu então ir para a Rússia, onde o preço dos foguetes era mais barato, porém, era ainda muito caro.

Frustrado, voltou para os Estados Unidos e decidiu que produziria seus próprios foguetes e naves espaciais. A empresa tem hoje 2 tipos de foguetes, o Falcon 9 e o Falcon Heavy, e uma nave, o Dragon.

CONTRATO COM A NASA

 

Os  primeiros três lançamentos de foguetes de 2006 a 2008 falharam.  O quarto, em 28 de Setembro foi um sucesso, o que fez a NASA assinar um contrato de 1.6 bilhões de dólares com a empresa.

Desde então a empresa vem fazendo progressos. O mais esperado dos últimos anos foi alcançado no dia 21 de Dezembro de 2015, quando a empresa conseguiu recuperar intacto o primeiro estágio do foguete.

SpaceX Falcon 9 first stage landing December 2015 (Fonte: YouTube)

Vantagens Competitivas

 

  • Recuperação do primeiro estágio do foguete
  • Simplificação do hardware. Ex: transmissão dos dados dos sensores dentro do foguete por cabos Ethernet.

Valor agregado ao cliente

 

  • Baixo custo de lançamento. O custo é interessante para empresas privadas que queiram colocar satélites no espaço. Ex: Orbcomm.

Olá! Sinta-se a vontade para nos enviar a sua opinião sobre essa matéria e sobre o nosso site!

 

Adoramos críticas e elogios também!

Enviando formulário…

O servidor encontrou um erro.

Formulário recebido.

siga-nos

Copyright 2015 bookstrat learning resources

Todos os direitos reservados

Copyright 2015 bookstrat learning resources

Todos os direitos reservados