Já ouviu falar em Crowdfunding?

Crowdfunding significa financiamento coletivo e é uma boa opção para quem precisa de financiamento.

Você já teve alguma ideia que tinha tudo para dar certo, mas acabou desistindo pela falta de recursos necessários para colocá-la em prática?

 

Esse é um problema para muitos empreendedores. Grandes ideias surgem, mas, como qualquer novo projeto precisa de investimento, muitas vezes eles não saem do papel.

 

O financiamento coletivo online começou a surgir nos EUA no ano de 1997, quando um grupo de fãs da banda de rock britânica Marillion arrecadou cerca de 60 mil dólares para realizar um tour da banda pelos Estados Unidos. Porém, esse tipo de financiamento só se tornou mais reconhecido quando surgiram as plataformas de crowdfunding, que além de reunir vários tipos de projetos, administram a parte financeira com a ajuda de sistemas especialistas como o PayPal, PageSeguro e MoiP.

 

As maiores plataformas de crowdfunding nos EUA são a Kickstarter e IndieGoGo. No Brasil, as mais conhecidas são a Kickante e a Catarse.

O financiamento coletivo (crowdfunding) consiste na obtenção de capital para iniciativas de interesse coletivo através da agregação de múltiplas fontes de financiamento, em geral pessoas físicas interessadas na iniciativa.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Financiamento_coletivo

A Kickante é a plataforma brasileira que mais se parece com os modelos americanos, porém, com adaptações para o público brasileiro, como a opção de parcelamento das contribuições. A Kickante foi lançada no final de 2013 e é a plataforma que mais cresce no Brasil.

Como funcionam essas plataformas

Para quem precisa de financiamento

 

Os desenvolvedores fazem o cadastro de seus projetos, gratuitamente, – que podem ser ou não, aprovados pela plataforma – estipulam um valor meta a ser arrecadado e quantos dias a campanha irá durar.

 

Para quem financia

 

Quem desejar financiar um projeto deve apenas se cadastrar, procurar os projetos com os quais mais se identifica e fazer a doação. Além de ajudar projetos interessantes a sair do papel, alguns financiadores recebem também algumas recompensas, como camisas ou o projeto depois de pronto. Afinal, ele nunca teria sido desenvolvido se não fossem os financiadores.

 

Para as plataformas

 

As plataformas ficam com uma porcentagem do dinheiro arrecadado. Esse valor varia de plataforma para plataforma, a KickStarter fica com 5% do valor, já a Kickante fica com 12% ou 15%.

As taxas

A Catarse cobra 13% sobre o valor total dos projetos, ficando com cerca de 9% e repassando 4% para o pagar.me - meio de pagamento utilizado.

 

A Kickante fica com 17.5% do valor arrecadado se a meta da campanha não for alcançada, do contrário, fica com 12%.

 

KickStarter fica com 5% do valor arrecadado.

 

IndieGoGo fica com 4% se o valor meta for atingido, e 9% se não for atingido.

Projetos aceitos

Projetos no IndieGoGo e na Kickante são fáceis de serem aceitos.

De acordo com o fundador do IndieGoGo, é sobre permitir que qualquer um junte dinheiro para qualquer ideia. Se a pessoa não infringir as regras, que são bem claras e simples, como por exemplo, armas ou drogas, o projeto é postado imediatamente.

 

KickStarter e Catarse tem equipes que avaliam os projetos antes de permitirem o lançamento da campanha.

 

Recentemente, o KickStarter lançou o Launch Now. O recurso utiliza um algoritmo para checar se os projetos estão prontos para serem lançados. Dessa forma, o projeto pode ser lançado na hora.

Duração das campanhas

O sistema tudo ou nada

KickStarter e Catarse compartilham a ideia de que o dinheiro arrecadado só é liberado se o valor meta (valor estipulado pelos desenvolvedores) for atingido. Caso contrário, o dinheiro é devolvido aos doadores.

 

A IndieGoGo é diferente. A plataforma deixa o desenvolvedor ficar com qualquer valor de contribuição que for atingido - campanha "flexível". Porém, cobra uma porcentagem maior sobre este.

 

A Kickante deixa a escolha para o desenvolvedor. No momento da inscrição deve ser escolhido o tipo da campanha, "flexível" ou "tudo ou nada".

Projetos internacionais

A Catarse aceita somente projetos por brasileiros ou por estrangeiros com visto permanente no país.

 

A KickStarter começou aceitando somente projetos americanos, o que já se estendeu para Canadá e outros países, principalmente europeus.

 

A IndieGoGo aceita projetos do mundo todo.

 

A Kickante aceita somente projetos brasileiros.

Campanhas de projetos no Catarse e na Kickante podem durar até 60 dias.

 

Campanhas de projetos no KickStarter podem durar de 30 a 60 dias.

 

Campanhas de projetos no IndieGoGo podem durar até 40 dias.

Foto: "Bright Bike on Kickstarter" by Michael Mandlberg / CC BY

Outras plataformas brasileiras de crowdfunding:

 

 

Dicas importantes para lançamento de uma campanha de sucesso em uma plataforma de Crowdfunding

Informações básicas

Título e categoria a campanha, local (país/estado).

Escolha uma imagem para o seu projeto! Lembre-se que essa será a primeira coisa que investidores irão ver sobre o seu projeto. Impressione!

Faça um vídeo falando sobre você e sobre o seu projeto

Estabeleça um período para a campanha. O Kickstarter permite campanhas de ate 60 dias, mas dizem que os projetos com períodos de campanha de 30 dias ou menos tem uma taxa de sucesso mais alta.

 

Conte sua história

Faça uma introdução sobre você, seu time, antigos trabalhos. Fale sobre o seu projeto, diga porque quer fazê-lo, quais serão os benefícios que ele trará, a quem ele beneficiara, etc..

 

Divida seus planos e cronograma

Especifique quanto você precisa arrecadar com a sua campanha e como ele será utilizado. Faça uma lista de todas as despesas possíveis. Não se preocupe tanto se o valor for maior do que o esperado. É sempre melhor contar com um pouco de caixa extra.

Isso deixa os investidores mais confiantes de que o projeto será finalizado!

 

Criando recompensas

Os investidores querem apoiar um bom projeto, mas também querem algo em retorno. Recompensas comuns são camisetas e, para investimentos maiores, a recompensa pode ser até o produto pronto, quando finalizado.

 

Promoção

Tenha uma estratégia! Utilize facebook, twitter e outras mídias sociais para promover a sua campanha. Ofereça vídeos, previews, trailers..

 

Comunicação com os contribuidores

Procure manter os seus investidores informados sobre o andamento do projeto. E não esqueça de agradecer a contribuição

 

Finalização

Depois do projeto finalizado, é a hora de entregas as recompensas. Prepare um formulário com as perguntas necessárias sobre os investidores,  como endereço, email, etc. Esses formulários só poderão ser lançados após a campanha ter sido lançada.

Exemplos de casos de sucesso

 

Pebble Time

 

A campanha atingiu a marca de 1 milhão de dólares em 49 minutos. A meta de 500 mil dólares foi alcançada em 17 minutos. Ao final da campanha, foi arrecadado um total de mais de 20 milhões de dólares e se tornou o recorde de arrecadações do Kickstarter. A campanha contou com 78,741 colaboradores.

Pebble Time é um SmartWatch (relógio inteligente) compatível com iPhones e celulares Android. Entre os aplicativos disponíveis estão Pandora, Uber, GoPro e ESPN.

 

 

                                                                                              A campanha: https://www.kickstarter.com/projects/597507018/pebble-time-awesome-smartwatch-no-compromises

 

Santuário Animal

 

A campanha foi realizada pela Associação Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos – ASERG, que acolhe animais resgatados em situações de maus-tratos.

Devido ao crescimento acelerado da cidade de Cotia, SP, onde está situada a ASERG, a Associação decidiu começar a campanha no plataforma Kickante para arrecadar fundos com o objetivo de mudar a sede da Associação para outra região, mais segura e tranquila, longe da agitação das cidades grandes.

 

A campanha foi o recorde de arrecadação por crowdfunding no Brasil.

 

A campanha: http://www.kickante.com.br/campanhas/santuario-animal%20

siga-nos

Copyright 2015 bookstrat learning resources - Todos os direitos reservados